Num jogo eletrizante, com quatro gols, cinco expulsões, pênalti desperdiçado e atraso de 37 minutos por falta de ambulância, o Tubarão derrotou o Tocantins de Palmas, por 3 x 1, ontem à noite, no Estádio Nilton Santos, e assumiu a liderança do Grupo B do Estadual com seis pontos. Já o Tocantins segue na lanterna sem nenhum ponto.


Jogo
Os mais de 500 torcedores que foram ao Nilton Santos tiveram que esperar 37 minutos para ver o início da partida, já que o mandante do jogo, o Tocantins, segundo alguns policiais presentes, disseram que o clube não havia solicitado a ambulância, apesar do clube afirmar que fez o pedido durante a semana. Atraso à parte, o jogo foi emocionante. Aos 13 minutos numa bela triangulação entre o zagueiro Frasão, os atacantes Júnior Bala, o toque final de Niltinho para o fundo das redes fez 1 x 0 para o Tubarão. Um minuto depois, o atacante Marksuel acertou o travessão do Tubarão. No rebote, Dudu perdeu o gol de empate, chutando para fora. O Tubarão dominava as ações, mas o Tocantins quase empatou aos 26. Marabá derrubou Arismar na área e o juiz Luciano Santos marcou pênalti para o Tocantins. O próprio Arismar bateu e o goleiro Pavão defendeu. Aos 35, o zagueiro Fabiano cobrando falta deixou tudo igual. Logo após o gol, o lateral-direito Paulinho (Tocantins) deu um carrinho por trás em Michael e foi expulso. Até o final do primeiro tempo, o Tubarão desperdiçou três ótimas chances para ampliar.


2º tempo
Logo aos 4 minutos, o zagueiro Frasão segurou Arismar e foi expulso direto. Neste momento, o Tocantins até dominou as ações, mas aos 23 minutos, o zagueiro Martony (Tocantins) foi expulso por ter pisado em cima do atacante Niltinho que estava no chão. Na cobrança de falta, Michael fez 2 x 1 para o Tubarão. Dois minutos depois André (Tubarão) deu carrinho em Rafael Brasília e também foi expulso. Cada equipe naquele momento tinha nove jogadores em campo, até que aos 33 minutos, Rafael Brasília, que já tinha amarelo reclamou do árbitro e foi expulso. E, aos 38 minutos, depois de boa jogada, Niltinho deixou o atacante Juninho sozinho na área para fazer 3 x 1 para o Tubarão e dar números finais ao jogo.
O Tubarão volta a campo dia 15 contra o Araguaína fora de casa, enquanto o Tocantins joga contra o Tocantinópolis, dia 18, em Palmas.


Ficha técnica 
Tocantins:
Pedro Henrique; Paulinho, Martoni, Adriano e Dinei; Fabinho, Rafael Brasília, Dudu, Marksuel (Neto) e Arismar; Maciel (Evandro)- Técnico: Thomaz Abreu
Tubarão: Pavão; Juninho, Daniel, Frasão e Michael (Juliano); Naldo (André), Doriva, Goiano (Alex) e Marabá; Niltinho e Júnior Bala (Pereira) – Técnico: Vinícius Saldanha  – Árbitro: Luciano Santos – Assistentes: Francisco Casimiro e Gilson Pereira – Local: Estádio Nilton Santos – Gols: Niltinho, aos 13 minutos do 1º tempo (Tubarão); Fabiano, aos 35 minutos do 1º tempo (Tocantins); Michael, aos 25 e Juninho, aos 38 do segundo para o Tubarão – Cartões amarelos: Rafael Brasília, Maciel, Adriano, Everton e Fabiano (Tocantins); Marabá e Doriva (Tubarão) – Cartões Vermelhos: Paulinho, Martony e Rafael Brasília (Tocantins); Frasão e André (Tubarão) – Renda: R$ 2.272,50 – Público Pagante: 495 – Não Pagante: 87 – Total: 582 
 
 


(Fonte: Jornal do Tocantins)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui