Teve início na segunda-feira, 12, a maior competição interescolar do Brasil. A etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude foi oficialmente aberta em solenidade realizada em Natal – RN, sede da competição. Diferente de outros anos, em 2018, a etapa nacional dos Jogos aglutina cerca de 5 mil alunos/atletas de todo o Brasil. São mais de 2,1 mil escolas, tanto na categoria 12 a 14 anos, quanto na 15 a 17 anos.

Ao todo, 14 modalidades esportivas serão disputadas nos 14 dias de competições que iniciaram nessa segunda. O Tocantins, com uma delegação de 130 membros, entre atletas e comissão técnica, participa de quase todas. A única modalidade que o Estado não possui representantes é na Luta Olímpica, também conhecida como Wrestling.

Durante a abertura oficial dos Jogos, os presentes assistiram a apresentações culturais e ao desfile das delegações e bandeiras antes da execução do Hino Nacional brasileiro. Entre os presentes, olhar atento a tudo o que acontecia no meio da quadra, mas sem deixar de lado a expectativa pela competição que se inicia.

Breno Fiuza Lacerda, da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins, compete no Ciclismo e destacou que os Jogos são uma grande oportunidade de conhecer e de competir com atletas de todo o Brasil. “É muito importante para mim poder representar mais uma vez o meu Estado. A expectativa é muito grande por conseguir um bom resultado e, quem sabe, subir no pódio”, disse o ciclista que tem como prova mais forte, a competição contra o relógio.

Se para os veteranos o sentimento é de ansiedade pelo início da competição, entre os novatos a expectativa é ainda maior. Caso da mesatenista Isabelle Cristine Parra da Silva, que estuda na Escola Municipal Professora Sávia Fernandes, de Palmas. Para a atleta, poder representar o Tocantins em uma competição do porte dos Jogos Escolares da Juventude é muito importante. “Eu posso ganhar experiência, mesmo que eu não ganhe uma medalha. Estou me sentindo ansiosa e privilegiada, pois não é todo mundo que tem essa oportunidade de vir”, pontuou.

Ana Paula Ribeiro, chefe da delegação do Tocantins, destacou a importância da competição na vida dos pequenos atletas. “Para os nossos alunos é muito importante poder participar de um momento como esse, pois eles têm a oportunidade de conhecer uma outra realidade, outras formas de competir e de confraternizar com atletas de todo o Brasil”, completou.

Jogos Escolares da Juventude

Os Jogos Escolares da Juventude são a maior competição interescolar do Brasil, reunindo anualmente milhares de alunos e professores em torno de disputas de modalidades como o Atletismo, Badminton, Basquetebol, Ciclismo, Futsal, Ginástica Rítmica, Handebol, Judô, Natação, Voleibol, Vôlei de Praia, Tênis de Mesa e Xadrez, além da Luta Olímpica, da qual o Tocantins não participa.

Neste ano, o diferencial foi a implementação da etapa regional dos Jogos para as modalidades coletivas. Nesta etapa, classificaram-se para a nacional as equipes de Basquetebol masculino da Escola Municipal Maria Júlia, de Palmas; de Handebol masculino do Colégio Ulbra Palmas e do Voleibol masculino do Colégio Estadual Guilherme Dourado, de Araguaína.

http://www.seduc.to.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui