TEC posta nota de repúdio a arbitragem do primeiro jogo da final; Alisson Furtado responde em nota

Insatisfeita com atuação do árbitro Alisson Furtado, e de sua equipe de assistentes que trabalhou no jogo, Samuel Smith e Helves Presley, no empate entre Tocantinópolis 3 x 3 Palmas, no jogo de ida da final do Campeonato Tocantinense 2020, ocorrida na última quarta-feira (10), no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, a diretoria do TEC, divulgou uma Nota de Repúdio, na última quinta-feira (ver abaixo).

Segundo o vice-presidente do TEC, Wagner Pereira Novais, em sua Nota de Repúdio, disse que trio cometeu erros primários que acabaram interferindo no resultado do jogo, pois ele acredita que não fossem estes erros, o TEC teria uma boa vantagem para o jogo da volta contra o Palmas, no próximo domingo.

Alisson Furtado

Alisson Furtado respondeu a Nota de Repúdio por parte do vice-presidente do Tocantinópolis, dizendo que fizeram o trabalho respeitando a legislação vigente bem como todas as orientações e normativas que norteiam a arbitragem no âmbito estadual, nacional e mundial. Relata ainda as considerações da Comissão Estadual de Arbitragem (CEAF/TO) sobre o lance de possível “penal” em favor do TEC. De acordo com as regras, a equipe de arbitragem acertara em não marcar o tiro penal.

E encerra dizendo que a equipe de arbitragem sempre buscará ser justa independente dos interesses individuais, atendo as regras das entidades que regem o futebol.

www.aloesporte.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui