Resiliência e enfrentamento de limites são abordados em live motivacional da Superintendência de Esportes

Com foco no enfrentamento de limites, superação de barreiras e a importância do poder da resiliência, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), por meio da Superintendência de Esportes, Juventude e Lazer, realizou nesta quinta-feira, 27, a live ‘Na adversidade, alguns desistem, outros se tornam vencedores’.

Transmitida pelo canal da Seduc, no YouTube, o evento contou com a participação do coordenador do programa Educação Paralímpica Brasileira do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), David Farias Costa. “Esse é um momento muito importante em que teremos a oportunidade de ouvir alguém que nos inspira tanto”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

Adriana Aguiar
Titular da Seduc, Adriana Aguiar, destacou a importância da abordagem sobre resiliência e persistência – Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins

Secretária da Seduc

A titular da Seduc destacou a importância da abordagem sobre resiliência e persistência. “O cenário que temos vivido, de muitos desafios, nos convida a pararmos um pouco para buscarmos ferramentas que nos ajudem a vencer as barreiras que nos são impostas. Essa live é, sem dúvida, uma importante motivação para todos nós”, destacou.

Superintendente

O superintendente de Esportes, Juventude e Lazer, Clay Rios frisou que um dos maiores desafios no momento da pandemia é se manter motivado. “Para um melhor desempenho das nossas tarefas é necessária a motivação. E o David é um exemplo de motivação e resiliência. Todos nós podemos aprender com o que ele compartilhou”, ressaltou.
O encontro on-line contou com a participação de professores de educação física, treinadores esportivos, alunos paratletas/atletas e público das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Tocantins. Na palestra, David Faria Costa falou sobre os desafios superados em relação a sua deficiência, desde a infância até ocupar o cargo no Comitê Paralímpico Brasileiro.

Palestrante

Para David Farias Costa, todos nós temos grande responsabilidade pela nossa felicidade. “Quando eu escolho trilhar o caminho da felicidade, esse caminho deve ser acompanhado de uma grande certeza e a certeza está ao alcance de todos. Devemos também construir um projeto de felicidade que vai além dos bens materiais que podemos ter. Nossa história não é para dizer que ela é melhor, mas para que ela possa inspirar.”, apontou.

Sobre conquistas, ele explicou que é preciso ser resiliente e não se deve limitar as pessoas com deficiência. “E as pessoas que mais nos inspiram somos nós mesmos. Alegrias são momentos, tristezas são momentos. E quando a gente faz a escolha de sermos felizes, conseguimos atravessar e superar os desafios. E, pais, professores, não limite os deficientes no que eles podem tentar. É precioso seguir o caminho e viver a inclusão”, ressaltou.

Perfil

David Faria Costa tem deficiência visual congênita, é pedagogo e ex-paratleta profissional. Atualmente, ele ocupa o cargo de coordenador do programa de educação paralímpica do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Ele foi presidente da Confederação Brasileira de Desporto para Cegos (CBDC). Sob sua coordenação no programa do CPB, o Brasil organizou e levou a expertise paralímpica a outros países, com profissionais brasileiros ministrando cursos de formação esportiva.

 

(Fonte: Cláudio Paixão/Governo do Tocantins) https://www.to.gov.br/seduc/noticias/resiliencia-e-enfrentamento-de-limites-sao-abordados-em-live-motivacional-da-superintendencia-de-esportes/3b3bibb6iu6k

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui