Final
Qual clube mais venceu o confronto entre TEC x Palmas no Tocantinense – Divulgação

Na próxima terça-feira, 18, às 20 horas, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, quando TEC x Palmas iniciarem o jogo de ida da final do Campeonato Tocantinense, as duas equipes vão completar o jogo de número de 43 da história no estadual.

Essa história começou a ser contada partir de 1999, na vitória do Palmas sobre o Tocantinópolis por 1 x 0, na Morada do Sol, no dia 19/09/1999. De lá para cá foram 42 jogos. O Verdão do Norte leva vantagem sobre o Tricolor. São 15 vitórias do TEC contra 12 do Palmas e 15 empates neste duelo de gigantes bastante equilibrado. O TEC marcou 55 gols contra o Palmas, enquanto o Tricolor assinalou 45 ante o Verdão do Norte.

10 x 0
Neste duelo tem uma goleada histórica do TEC sobre o Palmas por 10 x 0. Esta partida aconteceu no dia 1º de maio de 2012, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis. Os 10 gols do TEC foram marcados por Gênesis (4), Anderson Castanhal, Pedro Panca, Ricardo Feltri, Manin, Bruno e Gil Bala.https://www.youtube.com/watch?v=S9k8Ri_AQwY

Finais
As duas equipes já protagonizaram duas decisões no Campeonato Tocantinense e com resultados surpreendentes, já que cada clube venceu o rival na casa do adversário. No ano de 2001, o Palmas foi campeão Tocantinense em pleno Lauro Assunção e no ano seguinte o TEC deu o troco no Tricolor em pleno Estádio Nilton Santos.

Time do Palmas campeão Tocantinense de 2001 – Divulgação 

Final de 2001 – Lauro Assunção: nos pênaltis Palmas 5 x 4 TEC – Divulgação/Arquivo Palmas

Jogo das Abelhas
O jogo de ida da final de 2001 aconteceu no Nilton Santos e houve empate por 1 x 1. No segundo jogo, disputado no antigo estádio Lauro Assunção, novo empate por 1 x 1.Nos pênaltis, o Palmas levou a melhor com vitória por 5 x 4. A final foi marcada por um ataque de abelhas episódio engraçado que aconteceu aquele dia no Estádio Lauro Assunção, em Tocantinópolis. Além desta façanha nas cobranças de penalidades, o que chamou a atenção foi a “Invasão das Abelhas” nas arquibancadas. Foi uma correria por tudo quanto era canto, jogadores, arbitragem, torcedores, mas depois tudo voltou ao normal. Veja quem foram os personagens destas duas finais (arquivo Reinaldo Cisterna/Alôesporte).

Final de 2002 – No jogo de ida da final de 2002, no dia 27 de junho de 2002, no Estádio Lauro Assunção, Tocantinópolis 1 x 1 Palmas.Gols: Adauto (TOC) e Josias (PAL). Já na volta, em clima da final da Copa do Mundo, já que o Brasil havia vencido pela manhã a Alemanha por 2 x 0 com gols dois de Ronaldo Fenômeno), no Estádio Nilton Santos, em Palmas, à tarde, no dia 30 de junho, aconteceu a o jogo da volta com vitória do TEC por 2 x 1. (ver ficha abaixo).

2001 Ficha Técnica
Data: 31 de junho de 2001 – TEC 1 x 1 Palmas
Local: Estádio Lauro Assunção (Tocantinópolis)
Palmas: Rodrigo Ramos; Marcelo Cândido, Romílton,Eugênio e Eudes; Adeildo, Matera e Cidney (Arismar e Ferdinando) e Wesnalton; Licuri e Índio. Técnico: Ivan Gradin.
TEC: Régis; Sizinho (Jobson), André, Rubens e Giovânio; Mezaque, Edgar, Mazinho (Raí) e Alencar (Efrain); Gelo e Carrapeta. Técnico: Sérgio Belfort.
Árbitro: Francisco Leone
Gols: Gélo 2 minutos e Eudes aos 15 minutos ambos no segundo tempo.
Nos Pênaltis: TEC 4 x 5 Palmas
Marcaram para o Palmas: Eugênio , Ferdinando, Licuri, Matera e Lalá.

Gélo com a camisa do Tocantinópolis em 2002 (Foto: Divulgação)

Tocantinópolis campeão Tocantinense do ano de 2002 – Divulgação

2002
Palmas 1 x 2 TEC
Local: Estádio Nílton Santos (Palmas)
Público: 2.000
Árbitro: Enivaldo Ribeiro de Almeida (TO)
Gols: Géio 21′, Bugrão 35′ e Dinar 40′ do 2º;
Palmas: Rodrigo Ramos, Juninho, Moacri, Eugênio e Leandro César; Fabinho, Quezado (Adeíldo), Josias (Renatinho) e Fernando Vila Nova; Christian (Rafael Oliveira) e Bugrão. Técnico: Sérgio Belfort.
Tocantinópolis: Claudecir, Dener (Adauto), André, Rubão e Márcio Alemão; Edgar, Mezaque, Mazinho (Dinar) e Leivinha; Géio e Carrapeta (Jax Nei). Técnico: Everaldo Bezerra.

2019
Resumo das duas equipes na competição
1ª Fase
Palmas disputou 6 jogos
Vitórias: 4
Empates: 0
Derrotas: 2 (Força Jovem e Interporto)
Segunda Fase (Hexagonal)
2 vitórias 4 x 0 e 1 x 0 Atlético Cerrado
Semifinal
1 vitória ( 2 x 1) e um empate contra o Interporto (2 x 2)
Pontuação total: 12 + 10 = 22
Palmas marcou 19 gols
Palmas sofreu: 10
Saldo de gols = 9

Tocantinópolis
1ª fase
TEC disputou 8 jogos
Vitórias: 4
Derrotas: 2
Empates: 2
Segunda fase – Hexagonal
1 vitória (3 x 2) e um empate contra o Interporto
Semifinal
uma vitória (1 x 0) e empate contra o Força Jovem (1 x 1)
Pontuação: 14 + 8 = 22 pontos
TEC marcou: 21 gols
TEC sofreu: 13
Saldo de gols: 7

O Palmas já conquistou seis títulos: (2000, 2001, 2003, 2004, 2007 e 2018).        O Tocantinópolis já levantou o troféu três vezes:(1993, 2002 e 2015)

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui