Por onde anda o capitão Mazinho que fez história no Palmas e também atuou no Araguaína e TEC

Por onde anda o capitão Mazinho que fez história no Palmas e também atuou no Araguaína e TEC. Bicampeão Tocantinense pelo Palmas nos anos de 2003 e 2004, o capitão e lateral-direito Klebersonn Roberto de Jesus Silva, mais conhecido como Mazinho, hoje com 43 anos, alagoano de Maceió,  ainda vestiu as camisas de outros dois times tradicionais do futebol do estado como Araguaína (2005) e Tocantinópolis, no mesmo ano. Foi tetracampeão pelo CSA nos anos de (1996, 97,98 e 99), sendo o último ano, vice-campeão da Copa Conmebol. Por onde anda Mazinho que foi um jogador querido no futebol tocantinense?

Filho de Pedro Luiz da Silva e Maria de Lourdes de Jesus Silva, atualmente casado com Eliane Soares e pai de um casal Ewertonn de 13 anos e Maria Hellen de 1 ano e 8 meses, Mazinho chegou ao CSA, em 1988, com 12 anos. Logo no primeiro dia de treino ganhou o apelido de ‘’Mazinho’’ muito por conta da semelhança no estilo de jogo e de atuar na lateral-direita, do Mazinho da Seleção Brasileira, o mesmo que se tornaria tetracampeão do mundo com o Brasil no EUA, em 1994.

Mazinho, nascido no dia 13 de julho de 1976, ainda na base do CSA, foi campeão em todas as categorias do clube alagoano. Não demorou muito ele foi promovido ao time profissional. Conta Mazinho que Dalí em diante passou por vários clubes do futebol brasileiro como Londrina (PR), em 2000, Etti Jundiaí (SP) (2002), Palmas (2003, 2004 e 2006), Independente de Limeira (SP) (2005), Araguaína (2005) e Tocantinópolis (2005).

“Foram clubes que me permitiram jogar com atletas que se destacaram no cenário do futebol nacional e mundial, sendo alguns deles muito conhecidos da imprensa e dos torcedores como Adriano Gabiru, Léo, Willams, Deco, Ferdinando, entre tantas outras feras”, comemorou.

Agradecimento

Mazinho faz questão de agradecer primeiramente a Deus, pelas maravilhas conquistadas no meio do futebol. Lembra que trabalhou com  pessoas muito especiais como o treinador Ênio Oliveira (técnico da base e profissional em Alagoas), Carlos Magno (Tocantins), pessoas na qual aprendeu e guardou muito dos seus princípios. “Posso afirmar que me tornei um jogador versátil atuando em minha carreira como lateral-direito, lateral-esquerdo, volante e até meia”, ressaltou.

Mazinho disse que juntando isso com muito trabalho o fez ser vitorioso, ganhando títulos como o tetracampeonato alagoano pelo CSA nos anos de (1996,1997,1998 e 1999), sendo o último ano vice campeão da Copa Conmebol e o bicampeonato pelo Palmas (2003/2004).

Aposentadoria

Encerrou sua carreira (aposentadoria) vitoriosa como atleta de futebol profissional jogando pelo Palmas, no ano de 2006. Hoje em dia segue na profissão do seu pai, o senhor de Pedro Luiz da Silva, como motorista em uma das maiores transportadoras do país a Jolivan. “Creio que das minhas conquistas como atleta a maior delas são os amigos que fiz ao longo do tempo. Sinto realizado e tenho orgulho de toda minha trajetória, seja no futebol ou na minha atual profissão”, finalizou Mazinho, que mora em Maceió.

Mazinho com a esposa Eliane Soares e os dois filhos Ewertonn e Maria Hellen – Fotos: Arquivo Pessoal Mazinho

 

Perfil

Nome: Klebersonn Roberto de Jesus Silva

Apelido: Mazinho

idade: 43 anos

Data de nascimento: 13/07/1976

Natural: Maceió (AL)

Posição: lateral-direito

Casado: Eliane Soares

Filhos: 2 – Ewertonn de 13 anos e Maria Hellen de 1 ano e 8 meses

Clubes que jogou

CSA (AL)

Londrina (PR), em 2000

Etti Jundiaí (SP) (2002)

Palmas (2003, 2004 e 2006)

Independente de Limeira (SP) (2005)

Araguaína (2005) e Tocantinópolis (2005)

Títulos

Tetracampeão pelo CSA nos anos de (1996,1997,1998 e 1999)

Vice-campeão da Conmebol pelo CSA (1999)

Bicampeão pelo Palmas (2003/2004)

www.aloesporte.com

3 COMENTÁRIOS

  1. Super reportagem, muita gente em Maceió está comentando,Parabéns bonito e honroso trabalho, Grande Maza, todo mundo queria ser ele jogando bola, quando pequeno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui