Um dia após a derrota vexatória para o Atlético Mineiro por 7 x 0, na fase preliminar da Copa do Brasil, no Estádio Nilton Santos, o presidente do Palmas, Fernando Rezende, se reuniu com os jogadores e membros da comissão técnica para comunicar a dispensa do técnico Nelson Mourão, do volante Magno e do goleiro Eduardo. E deixou claro que haverá mais dispensas até o início do campeonato. O Tricolor estréia no domingo na Capital contra o Ipiranga de Aliança.


Outra decisão tomada é que a partir de agora assume interinamente o comando técnico do time no lugar de Nelson Mourão o preparador físico Yrlan Mota, que terá como seu auxiliar, Célio Ivan, ex-coordenador de categoria de base do clube.


Novidades
O presidente revela ainda que a diretoria criou a superintendência administrativa que será ocupada pelo ex-diretor de futebol Carlos Manzini Júnior. Na função de supervisor de futebol foi mantido Lindner Primo. Já para o cargo de diretor de futebol, o presidente Fernando Rezende convidou o ex-jogador de futebol do Palmas, Belziran José de Souza, que ficou de dar uma resposta ainda hoje.


Contratações
Rezende disse que o clube fará algumas contratações, mas que dependeria da avaliação do treinador interino Yrlan Mota para indicar em qual ou quais posições o time precisará de novas reposições. Mas voltou a insistir que as novas contratações serão feitas dentro das possibilidades financeiras do clube e com responsabilidade.


 


(Fonte: Jornal do Tocantins)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui