O ex-presidente do São Paulo, Marcelo Portugal Gouvêa, que comandou o clube entre os anos de 2002 e 2006, morreu na noite deste sábado, na capital paulista. O ex-dirigente, de 70 anos, sofria de insuficiência cardíaca e estava internado na UTI do hospital Sírio Libanês.


Em razão do problema no coração, Gouvêa havia sido submetido a uma cirurgia para a colocação de ponte de safena em outubro. O enterro do ex-presidente será realizado no Cemitério São Paulo, às 13h, após velório na capela do hospital. A CBF informou que todos os jogos da 37ª rodada do Brasileirão serão precedidos de um minuto de silêncio em homenagem ao ex-dirigente.


Gouvêa era advogado e havia iniciado a participação nas atividades do São Paulo em 1970, quando se tornou conselheiro do clube. Em seguida, ocupou diversos cargos na diretoria até chegar à presidência em 2002. Esteve à frente do clube nas conquistas da Copa Libertadores e do Mundial Interclubes de 2005. Em 2007, foi substituído por Juvenal Juvêncio. Atualmente ele comandava a Diretoria de Planejamento.


Homenagem


O diretor da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Virgilio Elísio, informou que todos os jogos da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, terão um minuto de silêncio respeitado em homenagem ao dirigente.


História


Marcelo Portugal Gouvêa é o presidente do tri mundial. Foi eleito em 2002 para um mandato biênio. Reeleito em 2004, esteve à frente do Clube até 2006 e teve presença marcante e direta nas conquistas do Campeonato Paulista (2005), Copa Libertadores da América (2005), Mundial Interclubes (2005), além de fazer parte da diretoria nas conquistas dos Campeonatos Brasileiros de 2006 e 2007.


Sua gestão foi marcada pela ampla reestruturação do clube, garantindo a revitalização e modernização da área social e do Estádio do Morumbi. Em 2003 inaugurou o REFFIS, referência mundial na medicina esportiva de reabilitação e fisioterapia.


Inaugurou também o CFA, Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel, em Cotia, modelo internacional de excelência no cuidado com as categorias de base.


Atualmente ocupava a Diretoria de Planejamento do clube.


Marcelo Figueiredo Portugal Gouvêa
(02 de março de 1938 – 29 de novembro de 2008)


Advogado


Sócio número 340 – desde 05/08/66


Conselheiro eleito em 25/04/1970 – 30/04/80


Conselheiro eleito em 03/11/1981 – 30/04/88


Diretor Administrativo – 22/04/84 até 30/04/88


Membro da comissão de reforma estatutária entre 06/05/86 e 30/04/1990


Membro da comissão de sindicância entre 09/06/87 e 16/05/89


Diretor de Futebol entre 05/05/88 e 30/04/1990


Conselheiro eleito entre 07/04/1990 e 30/04/94


Membro da comissão de adaptação ao estatuto entre 21/05/96 a 30/04/98


Conselheiro Vitalício – 13/03/96


Membro da comissão de emendas ao estatuto – 30/02/96 a 30/04/98


Membro do conselho consultivo – 27/01/99 a 30/01/2004


Membro do conselho fiscal – 29/04/00 a 19/04/02


Presidente da diretoria executiva – 20/04/2002 a 30/04/04


Reeleito presidente da diretoria executiva – 30/04/04 a 16/04/06


Diretor de planejamento e desenvolvimento- 16/05/06


 


(Fonte:AE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui