O ex-jogador Leonardo, atual dirigente do Milan, é o favorito para assumir o cargo do técnico Carlo Ancelotti em junho. Segundo o jornal ?Corriere dello Sport?, o italiano, que está há oito anos no clube, será demitido após a temporada.


O nome de Leonardo já vem sendo especulado como futuro treinador do Milan há alguns meses, principalmente depois da queda de rendimento do time com Ancelotti. Na temporada passada, a equipe não conseguiu vaga na Liga dos Campeões e teve que disputar a Copa da Uefa. Mas, na última quinta-feira, o Rubro-Negro foi eliminado da segunda principal competição europeia pelo Werder Bremen, em casa.


A pressão sobre Ancelotti está cada vez maior. O Milan está praticamente fora da disputa pelo título italiano, já que o rival Inter lidera com 59 pontos, onze a mais que o time rubro-negro, terceiro colocado.


De acordo com o ?Corriere?, Ancelotti será demitido no final da temporada e Leonardo será efetivado como treinador. Na sexta-feira, o vice-presidente Adriano Galliani perdeu a paciência com a má fase e cobrou melhores resultados no vestiário.


Em oito anos no Milan, Ancelotti ganhou duas vezes a Liga dos Campeões, uma vez o Campeonato Italiano, uma Copa da Itália e um Mundial de Clubes, além de uma Supercopa da Itália e da Supercopa europeia duas vezes.


 
(Fonte:Globo.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui