O Grande Prêmio do Brasil é apenas uma formalidade para coroar o mais jovem campeão mundial da Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton. Uma enquete feita entre todos os pilotos do grid – com exceção da Ferrari e McLaren, diretamente envolvidos na disputa – apontou que não há quem acredite em uma virada de Felipe Massa neste domingo.


Dos 16 pilotos consultados, 13 disseram que Hamilton é o campeão Dois, o japonês Kazuki Nakajima e o brasileiro Rubens Barrichello, mostraram-se indecisos e um, o francês Sebastien Bourdais, preferiu não opinar. ?A disputa pelo título não passa pela minha cabeça. Não perco tempo com isso?, resumiu o piloto da Toro Rosso, 17.º na classificação, com apenas quatro pontos conquistados.


Posicionamento bem diferente deu seu parceiro de escuderia, o alemão Sebastian Vettel, a sensação da temporada. Ele foi um dos que deram como certo a conquista do inglês. ?Se Lewis (Hamilton) não fizer nada errado, é impossível perder o título?, opinou.


Robert
Terceiro colocado no Mundial, com 75 pontos, o polonês Robert Kubica concorda. ?Quem tem sete pontos de vantagem na última prova é o mais próximo do título?, disse. ?Vai dar Hamilton. A vantagem é muito grande e ele não precisa se arriscar para ser campeão?, completou o alemão Nico Rosberg, da Williams. O australiano Mark Webber foi mais direto. ?Hamilton é o campeão. Merecido?.


Apesar da descrença numa reviravolta, muitos pilotos reforçam o coro dos torcedores que lotarão as arquibancadas de Interlagos e torcerão por Felipe Massa. ?Gostaria que ele (Massa) vencesse, já corremos juntos, somos amigos fora da pista. Mas está mais para o Hamilton mesmo?, declarou o alemão Nick Heidfeld, da BMW Sauber. Eles foram parceiros de equipe no primeiro ano do brasileiro na Fórmula 1, em 2002, na Sauber.


?É difícil o Hamilton perder a vantagem, mas torço muito para que Felipe Massa seja campeão no Brasil. Seria uma festa para um país que há muito tempo não vive isso?, resumiu Nelsinho Piquet, da Renault. ?Se a corrida for normal, os dois vão para o pódio. Assim, o Hamilton vai ser campeão?, previu o espanhol Fernando Alonso, desafeto declarado de Hamilton.


Indecisos
Em sua primeira temporada na Fórmula 1, o jovem japonês Kazuki Nakajima preferiu permanecer em cima do muro. ?Sete pontos é muita coisa, mas Massa foi muito bem na segunda parte do campeonato. Estou curioso para ver como as coisas vão acontecer no domingo?, disse, esquivando-se de polêmica.


Rubens Barrichello, amigo de Massa, disse que o brasileiro ainda tem 50% de chances de vencer. ?Sem querer ser político, mas o Felipe merece o título porque estava desacreditado. Ele merece essa conquista. Já para o Hamilton, é inevitável para alguém que bate na trave não dar certo na temporada seguinte. E outra: dois títulos seguidos da Ferrari da mesma maneira é complicado?, opinou.
 


(Fonte:AE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui