Dianópolis e Novo Jardim vão disputar o título da 3ª Copa Verde de Seleções Municipais

Com jogos fora de casa, as equipes de Dianópolis e Novo Jardim se classificaram para a final da 3ª Copa Verde de Futebol Ambiental de Seleções Municipais. Em duas partidas que movimentou o final de semana, sendo uma em Taipas (Dianópolis x Taipas) e outra em Lavadeira (Novo Jardim x Lavandeira), com total de 10 gols, os times visitantes não se intimidaram e garantiram a classificação com folga no placar.

Com vantagem de dois gols da partida da primeira etapa da semifinal, Dianópolis foi até a cidade de Taipas e goleou o time da casa por 4×1 na etapa final da semi, enquanto Novo Jardim garantiu a classificação também com placar de 4×1 sobre o time de Lavandeira.

Em Taipas, a equipe de Dianópolis abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo, com gol do meia Licys, cobrando penalidade. Nem mesmo a chuva forte no campo de chão batido, atrapalhou os visitantes, que comemoram o apito final com passagem garantida para a grande final, que vai acontecer neste sábado, 9, na cidade de Lavandeira, contra Novo Jardim.

Com vantagem no placar, os visitantes do final de semana garantiram com folga a classificação para disputar a finalíssima. A equipe do Novo Jardim que tinha saldo de 3 gols, visitou o time de Lavandeira também no sábado, abriu o placar com Ginha e finalizou a etapa com placar de 4×1 na casa do adversário.

A Copa Verde de Futebol Ambiental contou com a participação de 13 seleções municipais, Aurora do Tocantins, Lavandeira, Combinado, Novo Alegre, Taipas, Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Novo Jardim, Dianópolis, Rio da Conceição, Almas, Chapada da Natividade e Silvanópolis. Com o objetivo de promover educação ambiental no estado, contribuindo com as receitas por meio da compensação ambiental dos investimentos com as evidências ao ICMS Ecológico, a serem apresentadas em março de 2020.

Para o próximo sábado, às 15h30, as equipes se preparam para se enfrentar na final com as respectivas seleções completas e jogadores recuperados. A equipe campeã da 3° edição da Copa Verde, além de levantar o caneco, vai receber R$ 7 mil em premiação, enquanto o vice, leva troféu mais R$ 3.500.

(Fonte: Ceila Menezes/Especial Alôesporte – www.aloesporte.com.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui