A partida agendada para as 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi, é vista por jogadores de Corinthians e Botafogo como a mais importante das equipes na temporada até então. Por razões diferentes, paulistas e cariocas assumem a obrigação de conquistar a classificação para a decisão da Copa do Brasil. O Fogão tem a vantagem do empate, uma vez que ganhou por 2 a 1 no Engenhão.
Para o Corinthians, o torneio representa a única possibilidade de título na elite nacional nesta temporada, já que os comandados de Mano Menezes estão na Série B do Campeonato Brasileiro. A conquista daria ainda mais tranqüilidade para eles seguirem na Segundona. Já no Botafogo, a Copa do Brasil é a grande oportunidade de o clube, enfim, levantar uma taça depois de frustrantes derrotas em jogos finais nos últimos meses.


Ciente da importância que a Copa do Brasil adquiriu para o Corinthians, o goleiro Felipe garante não temer uma eventual eliminação. Ele fala com a propriedade de quem é um dos poucos remanescentes da pior crise enfrentada pelo clube, que culminou com a queda para a Segunda Divisão. ?Claro que a Copa do Brasil ganhou outra dimensão para nós. Vamos fazer tudo para vencer. Mas, se não der, continuaremos em paz?, comentou.


O técnico Cuca, por sua vez, vê a responsabilidade dividida entre os dois clubes na corrida pelo troféu. ?É meio a meio. As duas equipes se igualam em vontade de ganhar esse título, de ter uma conquista?, afirmou. Tanto é assim que o comandante do Botafogo sequer deu importância à vaga na Copa Libertadores como prêmio ao campeão.


?Isso é secundário, até porque a Libertadores só será no ano que vem. Mais importante é ser campeão da Copa do Brasil. E o Corinthians tem a mesma qualidade de um clube de Primeira Divisão. Será um jogo complicado?, previu Cuca, apoiado pelo meia Lúcio Flávio. ?O Corinthians começou o ano pensando em voltar à Série A. Agora, se ganhar a Copa do Brasil, beleza. Por isso, o título passou a ser importante para eles também?, disse o jogador.


O Botafogo também tem desfalques. O ala Alessandro e o volante Túlio estão suspensos, e Triguinho segue contundido. As novidades são os retornos do goleiro Castillo, recuperado de lesão muscular, e do meio-campista Diguinho, livre de suspensão. Cuca, no entanto, não confirma a escalação. ?Não é mistério. Apenas trabalho de acordo com a necessidade da partida?, argumentou. Quem passar no duelo entre Botafogo e Corinthians enfrentará o ganhador do confronto entre Vasco e Sport na decisão.


Ficha Técnica
Corinthians:
Felipe; Alessandro, Chicão, William e Wellington Saci; Nilton, Eduardo Ramos, Diogo Rincón e Acosta (Carlão); Herrera e Dentinho  –Técnico: Mano Menezes
Botafogo: Castillo; Renato Silva, André Luis e Eduardo; Túlio Souza, Leandro Guerreiro, Diguinho, Lúcio Flavio e Zé Carlos; Wellington Paulista e Jorge Henrique – Técnico: Cuca – Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 28 de maio de 2008, quarta-feira – Horário: 21h50 (de Brasília) – Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)  


(Fonte: Gazeta Press)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui