No Tocantinense deste ano os artilheiros ainda não calibraram bem os pés, ou estão deixando para balançar as redes a partir da segunda fase. É que até agora, em 66 jogos disputados, apenas 174 gols foram assinalados. Média de 2.65 gols por jogo. Cinco jogadores lideram a artilharia: Thiago (Palmas), Niltinho (Tubarão), Jefferson (Interporto), César (Araguaína) e Fabinho (Juventude) – todos com cinco gols. O maior artilheiro do Estadual em suas 15 edições disputadas foi o atacante Éder (Araguaína), em 2005, que marcou 26 gols. E a pior marca aconteceu em 1997, quando Alexandre e Fernando (Interporto) terminaram como artilheiros com sete gols.


Artilheiros 
1993-
Gil (TEC) – 11 gols
1994- Gil (União Araguainense) – 8 gols
1995- Belziram (Miracema EC) – 15 gols
1996-
Niltinho (União Araguainense) 9 gols
1997- Alexandre e Fernando (Interporto) – 7 gols
1998- Warley (Alvorada) – 10 gols
1999-
Alexandre (Interporto) – 9 gols
2000-
Alexandre (Interporto) – 10 gols
2001-
Marcelo Quixaba (Interporto) – 8 gols
2002- Gélo (TEC) – 17 gols
2003- Mael (TEC) – 9 gols
2004- Wrias (Araguaína) – 10 gols
2005- Éder (Araguaína) – 26 gols
2006- Max (TEC) – 19 gols
2007– Paraguaio (Araguaína) – 18 gols 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui