Araguaína desiste de disputar a 2ª Divisão alegando falta de apoio

Alegando falta de apoio para bancar a folha salarial, o Araguaína está fora do Campeonato Tocantinense da Segunda Divisão, previsto para começar no dia 4 de novembro. A diretoria vai enviar até amanhã o documento para a Federação Tocantinense de Futebol (FTF) explicado os motivos da desistência. A informação foi confirmada pelo Diretor de Futebol do Tourão, Carlos André Barbosa Maia.

Segundo o dirigente, infelizmente por falta de apoio o clube ficará fora do Estadual. André como é conhecido no clube disse que não conseguiu ninguém para ajudar a bancar a folha salarial, mas que a alimentação, alojamento e transporte estava tudo solucionado. Outro motivo alegado por ele é que o ex-treinador Léo Goiano, que também estava à frente deste projeto ajudando na busca de patrocinadores e pessoas da Araguaína para apoiar o retorno do clube, acabou acertando com o Moto Club (MA) e foi embora.

“Mesmo no Maranhão o Léo Goiano segue dando apoio conversando com as pessoas, mas disse a ele que não iria fazer nenhuma loucura neste momento de trazer os jogadores (pai de família) e não dar conta de pagar este pessoal. Diante disso, resolvemos desistir de disputar o campeonato. É uma pena, mas é a nossa realidade e não podemos inventar”, explicou o ex-presidente, em 2016 (André).

André dirigindo o carro
André disse que lamenta, mas não vai trazer pais de família e depois não poder pagar – Divulgação

O dirigente projeta o futuro numa reestruturação do clube legal para retornar o Tourão com segurança, mas não desta foram sem ter certeza de nada. Ele acredita o clube será punido, mas não tem o que fazer. “Acho que este ano como praticamente não existiu e a FTF deveria nem realizar a Segunda Divisão. No meu entender deveria reunir todos estes clubes no ano que vem e fazer um super campeonato com mais equipes e aí sim cobrar dos times que não conseguirem se manter”, ressaltou ele dizendo que muitos empresários da cidade afirmar apoio, mas que não seria o suficiente para bancar a folha salaria. “Infelizmente a Prefeitura de Araguaína alega que não pode nos ajudar. Tudo bem não vamos entrar neste mérito, já que nas administrações passadas todos ajudaram o clube”, finalizou.

Com a desistência do Araguaína Futebol e Regatas, a Segunda Divisão terá penas quatro times na disputa por duas vagas à elite do futebol Tocantinense 2021: Tocantins de Miracema, Alvorada, Gurupi e Taquarussú.

www.aloesporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui