Úlltimo colocado no Grupo D do Campeonato Tocantinense nesta segunda fase e temendo ficar fora da fase final da competição, a diretoria do Araguaína demitiu ontem o técnico baiano Fernando Dourado e contratou o goiano Carmino Colombini. O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Deliberativo do Araguaína, João Luiz de Carvalho.


O dirigente disse ”antes que vaca fosse para o brejo”, a diretoria precisava fazer alguma coisa, e fez. Segundo João Luiz, a equipe vinha caindo de produção e nos últimos dois jogos empatou com o Palmas, em casa, por 0 x 0 e uma foi derrotado pelo Juventude, em Dianópolis, por 1 x 0. ” Os maus resultados fizeram com que a diretoria tomasse uma medida mais radical”, explicou o presidente do conselho. Antes de Dourado, o Araguaína já havia dispensado Jair Da Silva, que hoje é técnico do Juventude e lidera o Grupo D com quatro pontos. 


A chegada do novo treinador está marcada para hoje à tarde, dependendo do vôo de Goiânia a Araguaína, programado para as 14 horas. ” Se ele chegar hoje já será apresentado ao grupo para estrear domingo contra o Tubarão no Gauchão”, disse João Luiz.


Colombini
O novo treinador foi indicado pelo ex-técnico do Araguaína, em 2006 e campeão Estadual pelo clube, Roberto Oliveira. Segundo João Luiz, a diretoria tentou a contratação de Oliveira, mas como ele está com um projeto no Vila Nova (GO) não pôde aceitar o convite, mas indicou Carmino Colombini, que já teve passagens por diversos clubes brasileiros, dentre eles, o Palmeiras B e o Vila Nova de Goiás e com experiência internacional nos Emirados Árabes.


Série C
João Luiz foi cauteloso ao comentar sobre a possibilidade de o clube ficar fora da tabela do Brasileiro da Série C, que deve ser divulgada ainda hoje pela CBF. ” Não podemos falar nada enquanto não ser divulgado a tabela. Mas se o Araguaína ficar fora como estão falando, vamos acionar nosso advogado para recorrer junto à CBF e pleitear a vaga”, alertou o dirigente.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui