Fran Meloto e Elmecy Duarte disputam o Mundial de Fisiculturismo na Espanha

As tocantinenses Fran Meloto e Elmecy Duarte viajaram hoje para Espanha para representar o Tocantins, no Campeonato Mundial de Fisiculturismo, da IFBB World Bodybuilding e Fitness Championships and Congress, que acontecerá de 3 a 8 de novembro. A competição será na cidade de Santa Susana, que é um município da Espanha na comarca de Maresme, província de Barcelona, comunidade autónoma da Catalunha https://pt.wikipedia.org/wiki/Santa_Susana_(Barcelona).

France Melloto

Será a primeira vez que a atleta Fran Melloto disputará o mundial fora do país. Em seu currículo, a tocantinense tem inúmeras conquistas como campeã Tocantinense de Fisiculturismo desde 2017, títulos de campeã Estreante Overall e Estadual IFBB (DF) (2017).

Coleciona ainda o título estadual Overall em 2018 e 2019, além de já ter sido campeã Brasileira (2019) e vice-campeã Mundial Ângela Borges Fitness Cup, em uma competição realizada no Brasil em 2020.
“Represento o esporte tocantinense e principalmente as mulheres que buscam o seu melhor todos os dias. Disputar um mundial fora do país já é uma experiência fantástica para mim como atleta. Darei o meu melhor. Minha preparação foi tudo conforme o plano. Foi mais curta, pois só decidi ir depois. Porém correu tudo bem, e obtive um resultado satisfatório”, enfatizou Fran.

Elmecy Duarte

Recentemente, Elmecy Duarte ganhou o título de Campeã Brasileira de Fisiculturismo, na categoria Wellness Master, acima de 45 anos, no Campeonato Brasileiro, que aconteceu em São Paulo (29/08/21). Com isso, sendo a primeira fisiculturista do Estado a conquistar este feito em sua categoria.

A atleta também é esposa, mãe, executiva, coach Integral Sistêmica, analista de perfil comportamental, mentora de mulheres e amante do esporte.

Segundo ela, foi contribuindo para a vida de várias pessoas por meio da sua Mentoria para mulheres, que Elmecy Duarte, depois de sair do sedentarismo e seguir como atleta campeã, transformou-se ela própria na sua maior prova social, de que é possível sim, para uma mulher acima dos 40 anos, atingir uma alta performance de vida.

Agora, classificada para o Campeonato Mundial em Barcelona-ES tem a responsabilidade de representar o Brasil, como a única mulher brasileira nesta categoria, com grandes chances de trazer o troféu para Palmas.

www.aloesporte.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui