No Dia do Árbitro Esportivo confira os profissionais que fazem parte do quadro do futebol do Tocantins

No Dia do Árbitro Esportivo confira os profissionais que fazem parte do quadro do futebol do Tocantins. Neste dia 11 de setembro é comemorado o Dia do Árbitro Esportivo Geral, data que nasceu na cidade de São Paulo, onde foi regulamentada pela Lei Nº 14.485, de 19 de junho de 2007. Depois disso, acabou sendo adotada por todo o Brasil, o Site Alôesporte www.aloesporte.com parabeniza todos os árbitros e assistentes da área e presta uma homenagem a estes profissionais do futebol tocantinense que fazem parte do quadro da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol do Tocantins (Ceaf), presidida por Adriano de Carvalho. (Ver quadro abaixo).

As outras modalidades, caso queiram passar também a relação do quadro de seus árbitros podem me enviar que divulgaremos também.

História do futebol
No futebol, desporto regulado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), a figura do árbitro está prevista na regra cinco das leis do jogo. Porém, nos primórdios do futebol não havia nenhum árbitro. As faltas eram acertadas entre os dois times, num acordo de cavalheiros. A figura do árbitro apareceu apenas em 1868 e, mesmo assim, ele apitava pouco: ficava de fora do campo e não tinha autonomia para marcar infrações. Tudo precisava ser decidido junto com os capitães das equipes. A autoridade do árbitro só passou a ser absoluta a partir de 1894, com a modernização das regras do esporte.

Além do árbitro, a partida de futebol também conta a presença de mais dois árbitros assistentes, também conhecidos como bandeirinhas, e com um quarto árbitro (ou árbitro reserva). Cada regulamento de competição determina quem deverá substituir quem, caso algum dos componentes não se sinta bem, se lese ou falte à partida à qual foi designado. Os árbitros assistentes estão previstos na regra seis. As regras do jogo são revistas e, se necessário, modificadas, na reunião anual realizada pela entidade International Football Association Board (IFAB). Esta entidade é composta por oito cadeiras: quatro da FIFA e mais quatro dos países fundadores (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda).

Cada partida é dirigida por um árbitro, o qual terá autoridade total para fazer cumprir as regras do jogo para o qual tenha sido designado. Ele trabalhará em cooperação com os árbitros assistentes e o quarto árbitro. Segundo a regra, as decisões do árbitro sobre fatos em relação ao jogo são definitivas. O árbitro poderá modificar a sua decisão unicamente quando percebe que é incorreta ou, se o julga necessário, conforme uma indicação por parte de um árbitro assistente, sempre que ainda não tenha reiniciado ou terminado a partida.

No Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é quem publica e faz cumprir as determinações expedidas pela FIFA. (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81rbitro)

Confira os profissionais que fazem parte do quadro de Arbitragem do Estado do Tocantins

Alisson Furtado
André Rocha
Dagoberto Silva Modesto
Eduardo Fernandes Teixeira
Tarcísio Nascimento Matos
Ana Érica Carvalho Nascimento
Cipriano da Silva Sousa
Fábio Pereira
Fernando Gomes da Silva
Natal da Silva Ramos Júnior
Samuel Smith Nóbrega Silva
Washington Sousa Monteiro
Alvani Nunes
Carlos André Helves Presley
Thiago Rodrigues
José Valcy
Gilvaneis Pires
Edilson Frazão
Uelinton Tono
Aldir Lira
Ronildo Porto
Gabriel Nogueira
Anízio Gomes de Sousa
Adílio Gomes de Sousa
Julianos Lopes Rufino
Valdeson Cantuário
Silvia Murici
Laelton Martins Oliveira
Gilmar Oliveira Ferreira
Silmarks Torres Rodrigues
Junio Melo
Sérgio Sena Leite

Diretoria da CEAF
Presidente – Adriano de Carvalho
Marcelo Rosseto
Jânio Pires
Mário Marques
Alfredo Sosa Zamora

www.aloesporte.com

INSCREVA NO CANAL https://www.youtube.com/user/ReinaldoCisterna

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui