pesca esportiva
Pescadores esportivos de Palmas e Dianópolis durante o embarque para a pesca na Amazônia – Divulgação

Pescadores Esportivos de Palmas e Dianópolis  desbravam águas do Rio Negro atrás do tucunaré-açú

Depois de cinco dias de muita aventura e grandes emoções capturando, fotografando e soltando os gigantes da Amazônia, o tucunaré-açú, o um grupo de pescadores de Palmas e Dianópolis já estão de volta à Capital Tocantinense e felizes por este momento inesquecível.

Segundo um dos organizadores e incentivadores desta expedição, Raimundo Coelho, o Raimundinho da Canoeiros, um grupo composto por oito pescadores esportivos desbravaram as águas do Rio Negro a bordo do Grand Lasca Quality Barco Hotel, em viagem. “Foram 16 horas nas águas daquele rio até chegar no rio Apuaú, onde nós pescadores esportivos pescamos durante os cinco dias, capturando tucunarés-açús acima de 70cm”, relembra.

peixes
Raimundinho da Canoeiros exibe o tucunaré-açú que capturou e depois soltou nas águas do Rio Negro, na Amazônia – Divulgação

A operação foi organizada pela Canoeiros Pesca Camping e Náutica foi em parceria com o Grand Lasca Quality Barco Hotel.

Geplaatst door Canoeiros – Pesca, Camping e Náutica op Woensdag 9 oktober 2019

Pescadores Esportivos 
Fizeram parte desta expedição, os pescadores Raimundo Boi, Raimundo Coelho (Raimundinho Canoeiros), Humberto Henrique e Valdemar do Carmo, esses todos de Palmas. Já os pescadores Emenilson, Leandro Moura e José Antônio Júnior (Juninho) representaram a cidade de Dianópolis. Canoeiros – Pesca, Camping e Náutica

View this post on Instagram

Brutos do Apuaú Amazônia 2019

A post shared by CANOEIROS PALMAS (@canoeiros_palmas) on

Tucunarés-açús
Nome Científico: Cichla temensis
Família: Cichlidae
Ordem: Perciformes
Distribuição: Rios da bacia Amazônica, como Madeira e Rio Negro.
Habitat: Lagos, lagoas, matas inundadas e na boca e remanso dos rios.
Alimentação: Alimentam-se de peixes e pequenos crustáceos.
Reprodução: Não realizam migrações, formam casais e escolhem áreas espraiadas ou remansos para construir o ninho e cuidar da prole.
Saiba mais: Quinze espécies de tucunaré são conhecidas somente na Região Amazônica. O Tucunaré-açú (Cichla temensis) é o maior representante da família, ultrapassa 12 quilos de peso e 1,20 m de comprimento.

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui