Sertões
Piloto Leandro Mokfa é da Região Sudeste do Estado do Tocantins, natural de Dianópolis – Fotos: Arquivo Pessoal

Moto de piloto tocantinense pega fogo no terceiro dia do Rally dos Sertões

O que era para ser um momento de alegria por estar estreando num dos maiores off-road do Mundo, o Rally dos Sertões, acabou sendo de frustração e desespero para o piloto da cidade de Dianópolis, Leandro Mokfa, conhecido como Gauchão. Ele competiu pela equipe Motopinga Rally Têm de Palmas. É que no terceiro dia da competição sua moto pegou fogo e ele foi obrigado a desistir do rali.
“No terceiro dia faltando pouco para acabar a prova, o escape foi soltando e a pressão que sai dele foi derretendo a minha bota que queimou um pouco o meu pé, mas eu fui indo assim mesmo aí, numa altura a moto desligou, e eu encostei para ligá-la quando olhei para baixo o fogo vinha subindo e tentei apagar, mas não consegui e incendiou a moto toda”, relata o piloto tocantinense Leandro Mokfa.

 

Rally dos Sertões
Moto do piloto tocantinense Leandro Mokfa, conhecido como Gauchão, totalmente destruída após ter sido incendiada durante disputa do Rally dos Sertões – Fotos: Arquivo Pessoal
CBN
Leandro Mokfa durante entrevista no CBN Tocantins Esportes com Miguel de Negri e Reinaldo Cisterna – Divulgação

Tristeza
O piloto tocantinense ficou muito triste com o acontecimento e disse que vinha fazendo uma prova boa onde estava evoluindo a cada dia um pouco mais nos dois primeiros dias. Segundo ele, foi uma prova muito difícil para o piloto e também para o equipamento, a moto, onde os mecânicos trabalhavam à noite toda para deixar a moto pronta para largar.
“Não foi fácil ver um ano de dedicação para fazer essa prova sendo destruído ali, mas é vida que segue e com fé em Deus ano que vem estou de volta. Quero agradecer minha família por ter me apoiado, meus amigos a equipe Motopinga Rally Têm de Palmas. Deus acima de tudo”, finalizou o piloto que é da Região Sudeste do Estado do Tocantins, natural de Dianópolis.

Outro tocantinense

O outro piloto tocantinense no rali foi Danilo Gomes (categoria Production Aberta), da Equipe DanGo Racing, que representou o Tocantins na disputa da 27ª edição do Rally dos Sertões. Danilo Gomes teve problemas mecânicos e não conseguiu completar as etapas.

A 27ª edição do Rally dos Sertões, uma das maiores provas off road do mundo, começou no último sábado (24), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e terminará em Aquiraz, no Ceará (31). Os competidores percorrerão mais de 4.800km ao longo das oito etapas do torneio.

17ª vez no Tocantins
Lembrando que nos 27 anos da realização do Rally dos Sertões, em 2019 está sendo a 17ª vez que a caravana passou pelo solo tocantinense. Nos últimos dois anos, o Tocantins não esteve no roteiro da organização. E agora retornou passando pela cidade de Porto Nacional e São Félix do Tocantins.

Etapas restantes: Sertões 2019 – 24/08 a 01/09

6ª etapa – 30/08
São Félix do Tocantins (TO) – Bom Jesus (PI)
Trecho Cronometrado – 540 km
Total: 542 km

7ª etapa – 31/08
Bom Jesus (PI) Crateús (CE)
Trecho Cronometrado – 320 km
Total: 941 km

8ª etapa – 01/09
Crateús (CE) – Aquiraz (CE)
Trecho Cronometrado – 30 km
Total: 405 km

Total da Prova: 4.887,59 km
Total Cronometrado (Especiais): 2.858,46 km

Participação dos pilotos tocantinenses na 27ª edição do Rally dos Sertões não foi dos melhores

 

 

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui