De Araguaçu, Região Sul do Tocantins, de uma população de 8.567 mil habitantes, distante 410 km da Capital – Palmas, o jogador tocantinense Lucas Cardoso hoje vive na Albânia, Capital de Tirana, cuja população é de 450 mil habitantes e coloca no currículo o título de campeão nacional do país defendendo as cores do FC Partizani.

O feito foi muito comemorado, pois a equipe não vencia a competição da Liga nacional há 26 anos. E o brasileiro Lucas Cardoso, de Araguaçu, disse estar muito feliz por ter ajudado o clube a conquistar o título. O time foi campeão com 70 pontos. O vice-campeão foi o Kukësi com 59. Resultado que colocou o time do tocantinense na disputa da vaga para a Champions League da Europa.
“A temporada para mim não foi uma das melhores, mas graças a Deus conquistamos o título da Liga Nacional aqui, a principal do país e entramos para a história do clube. “ comemorou o tocantinense.Ele ressalta que o clube não vencia competição há 26 anos, mas destaca ainda que a temporada não foi tão boa, em razão de uma lesão. “Passei por uma cirurgia no joelho e fiquei oito meses sem jogar e, por isso, perdi a temporada quase toda,mas joguei ainda alguns jogos.Graças a Deus hoje estou 100%, e focado agora na próxima temporada”, comentou o araguaçuense.

Carreira
Antes de jogar na Albânia, Lucas Cardoso, jogou na Macedônia um ano e meio no FK Pelister. Daí trocou a Macedônia pela Albânia, onde foi vestir a camisa to time campeão o Futboll Klub Partizani Tiranë, tradicional clube de futebol do País. No período que ficou na Macedônia, Lucas Cardoso marcou 30 gols e também foi campeão da Copa da Macedônia. No Brasil, Lucas teve passagens pelo Confiança, Sergipe, Crac, Itumbiara, Atlético Goianiense,Nacional (PR),Taguatinga (DF), Rio Branco do Acre.

 

Perfil
Nome: Lucas Ferreira Cardoso
Data de nascimento:07/04/1994 – 25 anos
Posição: atacante
Peso: 78 kg
Altura: 1m84
Naturalidade: Araguaçu (TO)
Times que jogou: Confiança, Sergipe, Crac, Itumbiara, Atlético Goianiense,Nacional (PR),Taguatinga (DF), FC Pelister (Macedônia)

www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui