Dos 84 profissionais que passaram por avaliações compostas de testes físicos e teóricos, apenas 34 foram habilitados a trabalhar nos jogos do Campeonato Tocantinense da Primeira Divisão. O anúncio foi feito pela Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (Ceaf) do Tocantins.

Atualmente o quadro de árbitros do Tocantins é composto por 84 profissionais que atuam em todas as divisões, escola de árbitros, dentre outras competições.

Segundo o presidente da Comissão Adriano de Carvalho, foram avaliados vários critérios, a exemplo da preparação física dele, que é um fator importante para a realização da atividade, mas ressalta que nos últimos anos foi estabelecido o ranking da arbitragem e que 12 árbitros centrais vão atuar no apito e os outros 24 serão árbitros assistentes, considerados o pelotão de elite. E outros sete árbitros vão atuar como quarto árbitro. E os demais árbitros estão ainda Escola de Arbitragem e atuam nos campeonatos amadores. “Nossa intenção é cada ano qualificar ainda mais nossa arbitragem”, finalizou Carvalho.


www.aloesporte.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui